Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Escrita para amigos blogueiros...

Escrevo para meus queridos amigos blogueiros,Desejando um feriado impecável e maravilhoso !!! Não estou podendo muito visitar à todos, peço desculpas,pq minha pressão ocular está um pouco alterada,e ainda não normalizou muito...Então a luz do micro fica sensível pra mim ainda... Mas já estou usando o colírio e já já fico boa logo e coloco em dia os carinhos que recebi ta. . Beijo gente . Chris

Blogagem Coletiva - Diário de uma Paixão

Blogagem Coletiva - O filme da minha vida... Diário de uma paixão . Sou apaixonada por esse filme, comprei o dvd há anos, e ele já rodou na casa de todos meus amigos, familiares, conhecidos e até desconhecidos.rs...Mas ele sempre volta, por incrível que pareça, e acaba fazendo parte da lista dos preferidos de quem assistiu. Sinopse resumida: O filme começa em um asilo, onde um bondoso senhor se propõe a ajudar uma paciente com problemas na memória, contando a ela uma bela história de amor sobre dois jovens de classes sociais diferentes separados pela guerra, se reencontrando anos depois para firmar este amor impossível. Por que preferido ? . Na minha opinião nao é um romance qualquer, primeiro por se tratar de um romance da década de 40, que sempre tem um mistério a mais, uma cereja em cima do bolo... É uma história que foge de um casal que possa dar certo, pelo histórico de vida dos dois, famílias com classes sociais diferentes, onde havia um peso muito maior nessa diferença na hora de se e…

Sorrir do outro...

Onde estás minha menina ?
Te procuro entre nuvens densas
As mesmas que do seu céu surgiram
Mas acima de mim meus pensamentos voam...
Mas não te acho, o limite do meu silêncio
Esqueceu-me de dizer o que sinto
Onde estás minha menina ?
Preciso ver seu belo sorriso maroto
Sentir o timbre da gargalhada só sua
Sentir a ofegante respiração ao sentir meu cheiro
Porque o perfume pertence á ti, somente tu o conheces
Onde está querida minha ?
Dissipou sua presença dos meus olhos
Temo não ver-te mais
Dentro, te enxergo, te vislumbro, te eternizo...
Minha menina...
preciso dar-te meu colo
E ele pertence tão somente a ti...
Permita-me estar novamente em sua vida
Meu céu também não coloriu
Pegue suas tintas e esboce dois corpos num só
Sou eu em ti
E como sabes que te chamo...
Minha menina...
Não te dou o direito de sorrir sem mim

.

Não coloriu ...

O Sol não veio hoje.. O amarelo ta black and white Bem longe... No horizonte dos olhos, ele é complexo As nuvens densas e pesadas se misturam com vislumbres Do belo céu, do azul que não foi pintado hoje.. O sol não veio hoje.. Mas eu sei que por trás dos fatos Ele vai surgir.. O Sol é fiel sempre chega até nós Mesmo que tenhamos que viver dias com duas cores apenas Olhar além... O sol ta chegando.. Chega sempre na hora certa.. ..

Os valores reais...

Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas que eu nunca pensei que iriam me decepcionar, mas também já decepcionei alguém. . Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos,e amigos que eu nunca mais vi. Amei e fui amado,mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei. Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, e quebrei a cara muitas vezes! . Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo). . Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida. E você também não deveria passar! Viva!! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é "muito" para ser insignificante…

Portas abertas...

Bom dia !

Varrendo areia...Pesados ventos...

Mudando cores...
mudando sombras ...
mudando perfumes, pra fincar o imaculado.
.
Mudando sim, de móveis, de lugares, de calçada, de posição, direita, esquerda, mudando ...
pra não deixar poeira baixar
Mudando sim, porque não ?
.
O vento leva o leve, o alicerce que o conserve...
de mim, em casas estabelecidas em firmes rochas...
casa de areia, não se baseia
no poder das eternas mudanças...
mas casas de areias, se definem pelos temores de se deixar sempre a casa igual .
estagnada
controlada
comportada
dissimulada
empregnada de corrupção própria hipocrisia... . Varrendo os ventos...

A menina-mulher e seus ursos...

Ela cresceu com um urso na mão Seu corpo ainda menina seu herói tocou Lhe deu boa noite querida, por muito tempo Seu monstro particular ainda estava adormecido O urso que nele habitava não era de pelúcia Era um urso enorme e cheio de garras Chamado Abuso sexual . A menina se deparou com o grito ainda preso E com a voz que não saiu, seu corpo foi tocado pelo herói Socorro !!! A voz não saía .... Me ajude mãe !!! A voz não saía... Dói !!! A voz não saía ...!!! Anos e anos e ela ficou presa em um quadro de pânico e terror Onde seu grito era abafado no travesseiro E seu urso de pelúcia somente era o observador Do que uma imagem bonita podería ser...Mas não era... . Destruída em alma, por dentro e por fora A mulher crescia num corpo que não era seu A criança que foi adormecida, pra ser despertada em desejos imundos Fez o relógio estacionar o ponteiro, e não evoluiu Por anos perambulou com seu ursinho na mão Entre becos e abismos que não conseguia expressar Psicólogos, Psiquiatras, tentavam entender a menina e se…

Crer ...

Mateus 18:3-4

As crianças crêem naquilo que ouvem. Algumas pessoas dizem que crianças são ingênuas, que elas acreditam em tudo, não importa quão ridículo isso pareça. Mas as crianças não são ingênuas, elas são crédulas. Faz parte da natureza da criança confiar, a menos que ela tenha experimentado algo que lhe ensine o contrário. (...) . Joyce Meyer .

Neruda...

Não te quero senão porque te quero, e de querer-te a não te querer chego, e de esperar-te quando não te espero, passa o meu coração do frio ao fogo. Quero-te só porque a ti te quero, Odeio-te sem fim e odiando te rogo, e a medida do meu amor viajante, é não te ver e amar-te,como um cego. . Talvez consumirá a luz de Janeiro, seu raio cruel meu coração inteiro, roubando-me a chave do sossego, nesta história só eu me morro, e morrerei de amor porque te quero, porque te quero amor, a sangue e fogo. . Pablo Neruda

Olhar nosso...

Através dos meus olhos detecto a sua luz
Faço a minha percepção casual ...
Ao te ver, focalizo a imagem com meu cristalino
percebo suas sombras
se és claro ou escuro para mim
.
Minha retina identifica suas cores
e me lança amores
ao gostar do que vejo
capto todas as informações
e lanço como flexa ao coração
e ele aceita o convite
.
Cego-me
se sua imagem de mim se afasta
íris, coróide, cório, uvea
te permitem entrada triunfal
em minha retina faminta
de ver-te.
.
Na sensibilidade da Alma
só preciso de sua lembrança
utilizo-me tão somente
do que de ti meu interior
acomodou-se em abrigo
vejo-te
mesmo no abismo
vejo-te
mesmo no raio de sol....
.
O que teus olhos dizem amor ?
eles te deduram
não conseguem tornar-se cúmplice
se mente, ele desvia
se ama, ele assobia
se odeia, ele aperta
se deseja, ele aumenta
se teme, expressa
.
Amo-te olhar do meu amado
Torna-se amigo dos confiscados
és meu escudeiro
quase um defensor
dos sentimentos seus...
.
Que cor tem sua íris
cor de multiformes
cor de brisa
cor de lira
cor de mel
cor de beautiful
cor de…

Trilho de querer...

Como máquina nas mãos do fotógrafo Como folhas entregues á escrita ... Como tinta infiltrada na tela branca Assim queria que meu coração Fosse o guarda de todos os sentidos, de todas as experiências de todos os encontros, olhares de nós já vividos.... . Como um registro impecavelmente indestrutível Como carimbo em papéis timbrados Queria a segurança do viver não esquecido Que a força do relógio do passado Nunca deixe de ser pontual. De deixar nossas lembranças serem eternas Do pulsar e no bater latente do nosso amor. . Irrevogáveis os momentos que já vivemos Cada lembrança e saudade de nós. Queria a máquina, a escrita e a arte Dos vídeos ao nosso favor Como se fôssemos atores principais de um filme... Acompanhados a cada virada de cena A brisa e a calmaria O choro e a agonia Atos que se encontram em nossa história. . Na viração do dia.. Os amantes se encontram... .

Não poderia...

Sozinha pensa estar em conflitos....
Seu guarda chuva de princesa
Abriga a chuva dos seus pensamentos.
Sozinha diante de um castelo de ilusões
O acaso virou paixão.
.
Ela não sabe como expressar...
A violência do seu parceiro, é apelativa e sexual
sua mente é indecifrável...
Ela se inquieta com o que deixou entrar.
O coração é um louco !!!
Porque misturaste o desejo com o amor ?
Louco estás...coração... louco estás !!!.
Não pode fazê-lo nem cogitar a idéia
teme que fuja...
.
Se sente apenas, como um encontro marcado
Só a virada de sua rotina.
O tapa que levou chorou...no peito, se apertou
Indecifrável mulher que és
Se apaixonou sem poder sequer amar...
.
Arquivo do Conflitos de Confissões

Talentos...

"Explore cuidadosamente quem você é e o trabalho que lhe foi dado, e então mergulhe nele". Gálatas 6:4 .
Deus nunca pré-fabrica ou produz pessoas em massa. Sem formato feito às pressas. Ele não deu a você a vida de seu avô ou de sua tia; ele o fez pessoal e intencionalmente... .
Você pode fazer uma coisa que ninguém mais pode, de um jeito que ninguém mais pode. Explorar e extrair sua singularidade o estimula, honra Deus. Então "explore cuidadosamente quem você é e o trabalho que lhe foi dado, e então mergulhe nele". .
Descubra e prepare seus talentos para serem usados... Quando você faz mais o que faz melhor, você coloca um sorriso no rosto de Deus. O que poderia ser melhor do que isso? . Max Lucado

Casal...

"O amor não é cego - ele vê mais, não menos. Mas por ver mais, ele está disposto a ver menos" .
Chesser, Bárbara Russel - O Mito do Casamento Perfeito, pg 168.

Pedra...

Em alguns momentos, a única saída é prosseguir
Não adianta parar no meio do caminho...
No meio da estrada e não saber o que fazer com a dor
A regra é que, quanto mais resistimos à dor,
mais forte ela se torna.
Como diz Drummond,
No meio do caminho tinha uma pedra...
Tinha...Havia...pedra...
Mas precisa estar no caminho andando

Segurança relva...

Quem sabe cantam os pássaros? Talvez estejam deitados na relva E tenham motivos de se olhar nos olhos... A relva é o leito Ternura, após terminado tremores Relação íntima relaciono em natureza plena Ternura que prolonga serena e seguramente amor... Afrodisíaco é a segurança Mesmo quando o tema é desejo . Podemos simplesmente nos deixarmos Tomados pela poesia E assim nos inebriarmos em palavras E fazermos uma fusão de sensações Sinto-me em perfeita harmonia em ti Com as flores que circundam seu leito floral Eu mesma em amor me torno uma delas... .

Andem é domingo !!!

Salvem-se quem puder !!! Saiam dos seus vagões de trem Hoje é domingo, um dia tão lindo... Andem, peguem suas malas cheias de mofo Coloquem no sol ! Toquem suas músicas Pulem na euforia que a vida oferece Andem ! Nossas vidas são definidas pelas oportunidades Mesmo aquelas que perdemos Acabei de ouvir isso num filme... Mas é verdade... Lindo dia à brilhar no rosto Dos que choram... à secar Dos que riem... à continuar Dos que sofrem...à esperançar E dos que já acordaram sorrindo... À desfrutar !!! . Lindo domingo pra todos nós Beijinhos monte

Italiano sonhado...

Sonhos que não quero acordar Bate um alfa em pleno sonhares Você me invade italiano Me arranca com os braços numa escada Me lança na parede e me faz um pedido ... Posso te beijar ? Que sonho doido, e isso lá é pra pedir Respondi com o próprio beijo, segundo o sonho Totalmente entregue acordo ainda querendo voltar Tentando rolar pela cama e pelos lençóis Tentativas frustradas...poxa, logo no beijo Italiano já sei quem és, agora só falto acordar Sonhos que batem em mentes férteis Só poderia dar nisso... Desnorteei com olhos abertos Beijo me lembra a primeira letra do seu nome E já é o segundo sonho que tenho, será presságio ? Eita... .

Banhos de lago...

Esse lago, esse chapéu, lembranças... Diante de ti, a paz do silêncio e a miragem das lavadeiras que voam faceiras pra colorir e rasgar a cena da miragem Nesse lugar o banho que dei com a amada, a paixão que ficara em águas fontes Já fazem muitos anos, mas voltando ao lugar, parece ontem...parece hoje...parece agora... Fui pra outros lados, urbanos, de metrópoles que transitei Fui pra outras águas, que mergulhei e só deixei tocar, não deixei fincar no peito Ao olhar o tempo que passou, vejo que o medo me impediu de continuar aqui Em terras calmas...lugar que nasci...infância que foi adornada...quiz prosseguir... Onde estás amada dos meus banhos de lago ? Soube que casou e não pode me esperar... Na verdade eu também fiquei esperando por mim, mas foi tarde pra me achar... Vou ficar aqui sentado mais um pouco, jogar uma linha né Quem sabe não reviva o que perdi, como dizem...Tentando encontrar...

Bela em ruínas de muros...

Nos escombros do cenário brota a mulher desconhecida Ela vagueia por entre pedras e muros em ruínas E tenta com seu olhar pedinte chegar nos rumos da sobrevivência Sua sedução é tão descarada que é sua moeda em rotas de câmbio de vida... Nos escombros ela é bela E por ser bela, lança luz em meio á tempestade de nuvens densas e pesadas De um pós bombardeio sem limites de destruição... Chega ela pra fazer o que lhe apraz, pobre e bela rapariga que entre muros Também se desfaz...

Eu queria trazer-te uns versos

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos colhidos no mais íntimo de mim... Sua palavras seriam as mais simples do mundo, porém não sei que luz as iluminaria que terias de fechar teus olhos para os ouvir... Sim! Uma luz que viria de dentro delas, como essa que acende inesperadas cores nas lanternas chinesas de papel. Trago-te palavras, apenas... e que estão escritas do lado de fora do papel... Não sei, eu nunca soube o que dizer-te e este poema vai morrendo, ardente de puro, ao vento da Poesia... como uma pobre lanterna que incendiou! . Mario Quintana

Dois pontinhos (..)

Se uma amiga chora, eu choro junto Acontecem coisas do tipo, sinto e ligo, nem pergunto, já digo, que houve ? Apenas sinto.. Se uma amiga cai no chão, eu tiro a poeira do seu rosto Se uma amiga me fala segura minha mão.. pra mim é colocar cola junto e nada me faz soltar São separados esses mistérios e intimidades por Deus.. Quem explica isso ? Ninguém..Nem eu.. Se me mandam largá-la, no fundo do poço.. Eu compro a briga, pego a corda e jogo pra subir Se no fundo do poço não tiver força pra subir, eu dobro os joelhos E peço ajuda a quem pode ajudar.. Esse momento ? Ah..É tão incomum que não cabe ás alegres postagens de uma sexta feira comum, normalmente festivas Aqui é meu cantinho.. Onde ás vezes posso falar de mim tb.. Dois pontinhos.. Segredos de amigos.. A dor de uma amiga é uma dor que eu sinto hoje Minha vida não me cabe dores, Mas o amor nos faz sentir a dor do amigo.. .. dois pontinhos que falam querida..dois pontinhos ..
.. .. ..

Meu lápis e meu papel...

Escrevo... Através do que vivo, do que vivi e do que vou viver Escrevo... Com base no que vejo, no que não vejo e no que um dia verei Escrevo... Com base em fotos, com base em figuras, com base em personagens... . Escrevo... Tão grande aventurança sou provida, ao poder me deliciar Com um lápis e um pedaço de papel Quão imenso é o mundo de quem desliza por palavras Que não vê nisso um ato insosso, mas saboroso Exatamente vejo e sinto a escrita como uma comida apetitosa Onde degusto, sem pressa, vem á boca, vem ao corpo em lentos percursos Que eu deixo entrar e adentrar sem me perceber e me analisar por isso. . Ah eu escrevo ! Porque a vida de quem sufoca uma palavra é triste E não tenho talento pra isso Ah eu escrevo ! Porque compartilho, e com isso peregrino em quem me lê Viro duas, Viro três, Viro muitas águas de sons em pessoas Ah eu escrevo ! Porque minha alma renova quando os versos se formam São filhos que nascem em mim... Em forma de alfabeto . Escrevo !!! Pra poder amar a leitura do próximo Escrevo !!! Pra …

Perguntas absurdas...

Não, eu não posso...
Sem chances de dar a ti, o que não é escolha minha
Se eu posso ?...?
Não tem como...! Meu coração é atrevido
Não me dá esse direito
.
Tentar ?
Posso até ver se dá pra fazer isso
Mas adianto a ti, que já fiz isso e causou dores...
As tentativas de dar meu amor
À pessoas, que tinham muito desse sentimento por mim
No entanto, não sou dona plena do meu sentir...
Quem me dera fosse verdade esse fator !
.
O que houve ?
Fiz chorar e tive que dar adeus
Fiz o tempo perder-se em esperanças vãs...
E eu ?
Também já tive a mesma atitude errônea
Como essa que está tendo agora...
Quem nunca desejou o amor do coração que predomina ?
Fui sortuda, não tenho muitas tristezas nessa área pra contar...
Mas fazer chorar é tão ruim quanto
.
O que você pode fazer ?
Espera que passa...
Quer ser meu amigo ?
Então ta, eu seguro sua mão...
Aquieta-te querido !
.

Prazer Compulsivo...

A Loucura do Prazer compulsivo
Para o cérebro, toda recompensa é bem-vinda, venha ela de uma droga ilícita ou da experiência vivida. Sempre que os neurônios dos centros encarregados de reconhecer recompensas são estimulados repetidamente por substâncias químicas ou vivências que confiram sensação de prazer, existe risco de um cérebro vulnerável ficar dependente delas e desenvolver uma compulsão. Por isso tanta gente bebe, fuma, cheira cocaína, perde casa em jogo de baralho, come demais, faz sexo sem parar, compra o que não pode pagar e levanta peso compulsivamente nas academias. A palavra dependência vem sempre associada às drogas químicas, ao desespero do dependente para consegui-las, ao aumento da tolerância às doses crescentes e à crise de abstinência provocada pela ausência delas na circulação. . Toda vez que o cérebro é submetido a estímulos repetitivos carregados de conteúdo emocional, os circuitos de neurônios envolvidos em sua condução se modificam para tentar perpetuar a sensaçã…

Cinco sentidos...

Minha carne geme ao encostar na sua Teu aroma amadeirado com pimenta doce me hipnotiza Meus sentidos se perdem em multíplos sensores internos Meu tato é automático Meu paladar é apurado Minha visão limitada em ti Minha audição só escuta a música da sua voz, do seu timbre... Meu olfato é rastreador de sua essência . Minha carne treme e implora as tuas mãos Segurando meu rosto para um beijo enebriante Perco-me por minutos em ausência de ser Paralizo o tempo e meu dedo segura o ponteiro Funde a minha presença em meio á sua Entregue em cinco sentidos de um momento... . Pare ! O tempo ... Continue ! O vento ... Pare ! Contemplo... Continue ! Adentro... .

Tertúlia Virtual

Tertúlia Virtual é Amanhã heim !!! . Bom dia queridos ! Está liberado o painel para as inscrições de seus blogues, no Tertúlia Virtual, que sempre é feito um ou dois dias antes, para que ninguém se inscreva, e acabe se esquecendo do dia da postagem. Amanhã é dia de degustar a criatividade de nossos amigos e novos amigos que iremos fazer, então, quem já participa, bora linkar !!! E quem nunca participou, está na hora de parar com esse tabu e ir correndo expressar o seu Prazer. rs . Vejamos o Texto de seus idealizadores, que na minha opinião já dá uma postagem, muito bem desenvolvida , sobre uma palavra que é tão ampla, e que nos dá inúmeras possibilidades .
PRAZER. Há desejo e há prazer. Há prazer sem desejo e desejo que nunca encontra prazer. Prazer obscuro. Interior. Prazer extrovertido. Exibição. O que é o prazer? Você tem prazer? Vive para o prazer? Gosta de dar prazer? O prazer é sexo? Comida? Saúde? Por que sentimos prazer? Afinal prazer é felicidade? Prazer é a busca final? E a dor tam…

Prece...

Eu sou a chuva pra você secar E que venham as novas folhas ! lentamente... Pois eu vou fazer uma prece Pra adormecer e acender Pra sonhar e acordar A cada tempo e fora dele em seus braços... amor... . .

Conjuga-me Adolescer...

Eu
Adolesço, adolesci, adolescia...
Tu
adolesces, adolesceste, adolescias... Eu
adolescera, adolescerei, adolesceria...
Tu
adolesceras, adolescerás, adolescerias... . Nós Crescemos com esse verbo in natura Desvendamos os mistérios em faturas Mergulhamos e naufragamos em fissuras... Respiramos e aliviamos com o tempo... Nós amiga, meditamos muito tarde Nós amiga, escolhemos sem pensar... Nós amiga, enfrentamos sem questionar . Nós...Amiga... Adolescêramos ?
Adolesceremos ?
ou Adolesceríamos... ?

Quem...

Essa é uma música que eu ouço muito, quando quero chegar mais pertinho de Quem creio, nessa sexta feira especial, queria postar esse vídeo, ela fala muito ao meu coração.Eu sempre conversava com um amigo meu pelo fone, e de fundo, eu sempre ficava ouvindo esse dvd acústico do Oficina g3, que é rock gospel e eu amo rock em todos os sentidos, a musicalidade desse fala mais do que a letra em si, diversas vezes em mim. E ele ficava ouvindo, e acabou me fazendo uma surpresa, eu achei de uma sensibilidade linda, chorei abeça, imagina, eu e a manteiga Qualy, somos quase primas. E ele postou no outro cantinho, que se chama Fala que eu te escuto....(bizarro né ?), a intenção era essa. rs.... Voltando...Postou esse vídeo pra mim, e falou que como ele toca no meu coração, era importante pra ele ouvir, aí procurou na net, achou e postou pra mim. Coisas "pequenas" me colocam na lona, mais que as tais chamadas, grandes demonstrações, acho que a essência do carinho, a intenção fala mais al…

Eu pulo, grito, dou gargalhadas e choro de felicidade !!!!!!!!

Felicidade que transborda meu pote Vaso que se torna novo na mão do oleiro Sorriso que misturo em choro, de alegria em demasia Que é isso ?!!! rsrs Nossa, que delícia sentir essa felicidade toda. . Meu universo ficou todo colorido, eu não esbarrei nos barris de tinta... eu peguei com gosto e joguei com intensidade !!! Nas paredes do meu coração está tudo em formas abstratas... Sabe por quê? por quê?!!! Porque essa sensação eu não estou conseguindo explicar !!!!!!! uhuhuhuhuhuhuhu !!!!!!!!!!

Ray

Toca o céu menina
Lança cores nesses pardos tons
Sorria mesmo que tímida frente á escuridão...
Toca o céu menina
Pega a mão, suspende pra cima, continue...
Isso mesmo ! Dedilha o ar !
Vai dedilha o ar, sinta o vento bater na ponta dos dedos
Feche os olhos, respira
Esqueça o resto, sua dimensão mudou
Não é mais o chão que pisas
Mas o céu que tocas...
.
Toca o céu menina
Sentiu fogo e brisa ao mesmo tempo ?
Sentiu vontade de rir e chorar ao mesmo tempo ?
Sentiu-se frágil e forte ao mesmo tempo ?
Sentiu-se ?
Toca a brasa que te acende e te torna á viver...
Pega esses lápis novos de cores que recebes, pra mudar o seu cenário...
Pega o gozo novo pra olhar diferente a dor ...
São ferramentas novas
Quando Toca o fogo e a brisa, não se volta igual
Toca menina onde estiver a sua dimensão
Toca...
.

Moradores de fila....

Na fila andam os esquecidos Na fila andam linearmente Na fila andam sem sentir os pés indo Na fila eles sentem o mesmo odor Na fila eles possuem as mesmas roupas Na fila eles caminham sem saber que vão... Em vão ? Na fila andam, tropeçam, não sentem O fôlego de vida ? O charuto da maconha tragou O crack fumou a vida dos que andam na fila . Eles merecem ! Eles tem o que procuraram ! Eles tiveram escolhas ! Eles disseram sim pra isso, que sofram ! É isso mesmo, põe eles nessa fila !!! Eles que se #$#$#$$## !!! . Nem imaginam que nem sempre é assim Eles tiveram traumas e não souberam dizer não Não souberam ter outra fuga Lhes foram mostradas as portas largas pra "felicidade" Pra esquecer a dor na alma Existíam outras portas ? Sim, claro, e existem Mas são só humanos, que erram e escolheram a porta errada A fuga errada, os meios errados, e só se deram conta Quando estavam em prisões e não mais em "fugas" . Na fila andam Na fila eles dormem Na fila eles não choram mais, secou...secou... Na fila n…

Passos adormecidos...

Espanhola dançou tudo que pode
Adormeceu nos braços do palco
Seus pés fizeram parte de um furacão
Entre ritmos e parceiros
Faceiros e rápidos passaram...
Nem se lembra da primeria nota
Que marcou...
.
Espanhola dançou com tudo e todos
E vibrou com cada aroma diferente ao pescoço
Entrelaçados em suas coxas
Em universos tentadores
Sua quente temperatura fez alucinar
Fez evaporar seu próprio aroma
E no salão era ela quem dava o show...
.
Espanhola que viu a noite passar
E não descobriu quando o sol nasceu
Se viu sozinha presa á uma cadeira
Enamorada de si mesma
Sorriu e fez de vários momentos
Algo único.
.
Espanhola que cansou e adormeceu
Fez sonhos com aquilo que viveu
Fez dar sentido e fez sonhar cada homem
Em que tocou, e se fez tocar...
Agora somente se deixa
descansar o corpo em brasa
Apagar um pouco, não faz mal
Numa temperança de Espanhola
Adormeceu...
.

Tuas páginas novas guria ....

Escreve guria suas novas páginas Nesse caderno, que lhe veio ás mãos... Escreve guria querida, teu novo chão Decora ele com lápis coloridos Faça esboços bem definidos Pra delinear com seus novos sonhos . Escreve guria amiga suas novas letras Suas palavras gotejadas do seu trajeto Deixa pra trás hoje o branco que só tu sabes Um branco de tempo de encarar a si própria Que seu caminhar no mundo colorido Se abra para ti, como mais uma etapa Dessas páginas, Desse caderno novo Do seu livro alvo como a neve... . Escreve guria querida E segura minha mão Porque o abandono não faz parte da amizade Sua dor se tornou minha muitas vezes E sua nova etapa, é colhida em mim como minha Porque dois amigos são como duas teclas num piano... Separados, fazíam música; Juntos, a própria harmonia... . To aqui. rs
Bom dia Nossa como acordar ta difícil hoje, to de olho aberto uns tempinhos, mas estou mais dormindo que acordada, acho que vou é tentar depois escrever montão, e visitar meus amigos daqui, que estou em falta, nossa.... nem fale....Tempinho meio nubladinho.... ai ai.....

Longe e perto ...

Já faz tempo a estrada Já acabou e ainda não sabem Já passou o vento e carregou O Amor, A Paixão, O Tesão... E ainda não se deram conta . Já faz tempo a estrada E na jornada muito chão se passou... Muitos lugares gozaram Muitos lugares fotografaram E muita poeira comeram . Já faz tempo que o próprio tempo chegou O tempo do fim O tempo do separar-se Errando de costas se encontram um ao outro Mesmo pensando que estão juntos num só corpo Cada um já olha outros mares E a brisa que há em um Já não é mais vendaval no outro . Já faz tempo a estrada e na verdade os dois sabem disso mas não existe a coragem de dizer...

Lembranças...

De tarde quero descansar Chegar até a praia e ver Se o vento ainda esta forte E vai ser bom subir nas pedras . Sei que faço isso pra esquecer Eu deixo a onda me acertar E o vento vai levando Tudo embora... . Agora está tão longe ver a linha do horizonte me distrai Dos nossos planos é que tenho mais saudade Quando olhávamos juntos Na mesma direção Aonde está você agora Alem de aqui dentro de mim... . Agimos certo sem querer Foi só o tempo que errou Vai ser difícil sem você Porque você esta comigo O tempo todo (...)