Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

Lenda da Maquete....

Era uma vez....

a linda história de um casal que tinham a maquete de um sonho
mas não sabiam o que fazêr pra que o projeto, virasse real.
o tempo passava, e eles iam aperfeiçoando o "objeto"
veio cru, de madeira e sem lixar
com o tempo, eles viram a necessidade de terem recebido algo tão magnífico
que eles tinham que fazer algo pra embelezar
usaram tintas nas paredes, pra que nada ficasse frio, sem vida
colocaram a idéia de um futuro jardim próximo a maquete
e o verde, tudo bem que um deles não curtia muito a cor, mas era bem natureza
e ela, animada com a ideía de pintar, de desenhar o verde do objeto
tinham dias que eles só a olhavam
a maquete.
e ficavam tão atraídos pela beleza do presente
que nem conseguiam dizer nada, nem sabiam o que falar....
e nem o que fazer.
em alguns momentos seus olhos choravam
seus corações tb....
em alguns momentos a adrenalina de fazer tudo virar real
ofuscava o senso de razão.
e eles se apaixonavam cada vez mais um pelo outro
mas a maquete estava em suas mãos....
f…

Poeira de essência.....

Segredos de Baú...

Sonhos de Deuses... Sonhos humanos... Sonhos que dominam !!!
que fundem existências....
Sonhos compartilhados... Sonhos.... Sonhar....Ah ! Sonhar....
Depende do grau de querer viver nem sempre sonhos precisam serem lindos... para serem vividos. e serem vividos, para serem lindos !!!
Muitos sonhos; são tão reais que se tateam. Que se penetram, sente-se, o cheiro e o aroma deles. mentes voam ... corpos flutuam ... corações amadurecem ...
se cresce. se envelhece. se envaidece.
e nos seus baús; eles continuam a habitar.
dentro do baú de nossos próprios corações.... No segredo, de quem as chaves possuem.

Cor em pardos tons....

Chuva cai dentro de mim.....
Numa imensidão de pensamentos
Sentimentos e quaisquer
Ah um efeito de pausa neles !
Ah um efeito onde segundos não viraríam conforme relógio andando.

Chuva cai dentro de mim...
numa ruazinha de mim mesma
cadeiras molhadas com as águas que rolam
talvez sozinha com esse ambiente em redor.

Cai pingos pesados....granisos em altas pedras em peso
numa mente onde muito se tem a decidir e refletir

A cor cinza de uma viagem em preto e branco.

Chove dentro de mim
em meus jardins,
e o que eu pensava que estava seco...

Ainda floresce em molhares de árvores...