Pular para o conteúdo principal

Meu lápis e meu papel...


Escrevo...
Através do que vivo, do que vivi e do que vou viver
Escrevo...
Com base no que vejo, no que não vejo e no que um dia verei
Escrevo...
Com base em fotos, com base em figuras, com base em personagens...
.
Escrevo...
Tão grande aventurança sou provida, ao poder me deliciar
Com um lápis e um pedaço de papel
Quão imenso é o mundo de quem desliza por palavras
Que não vê nisso um ato insosso, mas saboroso
Exatamente vejo e sinto a escrita como uma comida apetitosa
Onde degusto, sem pressa, vem á boca, vem ao corpo em lentos percursos
Que eu deixo entrar e adentrar sem me perceber e me analisar por isso.
.
Ah eu escrevo !
Porque a vida de quem sufoca uma palavra é triste
E não tenho talento pra isso
Ah eu escrevo !
Porque compartilho, e com isso peregrino em quem me lê
Viro duas, Viro três, Viro muitas águas de sons em pessoas
Ah eu escrevo !
Porque minha alma renova quando os versos se formam
São filhos que nascem em mim...
Em forma de alfabeto
.
Escrevo !!!
Pra poder amar a leitura do próximo
Escrevo !!!
Pra poder cruzar o limite do universo de cada um
Escrevo !!!
Pra dar valor a quem escreve também
Escrevo !!!
.
Em ordens imperativas
Me ordenam por dentro
Vá !!!
Deslize o lápis nesse papel e deixe voar vida....!!!
Psiu...Ouçam...Conseguem escutar essa voz ao escreverem ?
Psiu...Quietinhos...Ouçam...
Saem sons de ordens
Mas são suaves em meio ao fogo
E ordenam uma palavra...
Psiu...Ouçam...
.
Voem....
Voem...
.

Comentários

Déia Arakaki disse…
Oi minha lindaaaaaaaaaaa!!
Obrigada por sua visitinha tão querida e amada lá no meu cantinho viu!!
Escreva, escreva sempre minha linda.
Sempe que te der vontade , semre que essa sua voz interir grite para que passe ao papel tudo o que sentes, tudo o que vês.
E que este seu escrever sempre nos brinde com tão doces e ternas palavras

Beijos linda!!
Continue escrevendo amiga e nós viremos sempre aqui te prestigiar.

beijooo.
Isa disse…
Como gosto de chegar aqui e ler e
compreender e descobrir o estado de Alma duma AMIGA tão querida!
Bom de +++
Bom fim de semana.
Beijo.
isa.
Iana disse…
Linda...

Seus textos são tão cheios de coisas boas e positivas que não dá pra ficar muito tempo longe daqui... :)

Ah, trouxe flores frescas é para o fim de semana ficar mais perfumado...

Trouxe beijinhos também
abraços da rosa amiga
Iana!!!
Cadinho RoCo disse…
Escreva ao libertar da sua mais sincera expressão. Assim é que do dizer obterás a resposta do que em palavras nasce do seu próprio ser.
Cadinho RoCo
Fernanda! disse…
Você escreve porque além de fazer feliz a tua alma, faz também a alma de varias pessoas que te ler.

Esse cantinho é extase constante. Adoro!

Beijos de luz!
Márcio Ahimsa disse…
Oi, querida.

Escrevo porque assim me permito dividir em tantas partes possíveis, parar poder revelar meu lado mudo, para poder inventar-me e sair por aí como um pirilampo voando alto pela imaginação das pessoas.

Beijos, linda, continues escrevendo, continues, sempre, sempre...
Ernani Netto disse…
Escrever liberta a mente e o que a mente produz.

Eu escrevo o que eu vivo, o que eu quero viver, e o que eu não viverei... Quando escrevo sou senhor, crio vidas, destinos, estórias, vejo a vida brotar, vejo o amor prosperar, mas posso criar a morte, a dor, fazer justiça, viver o agora, o futuro, o passado... enfim escrever é o que de melhor temos para expressar o que somos / sentimos!

Bjaum

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)
Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…