Pular para o conteúdo principal

Blogagem Coletiva - Diário de uma Paixão


Blogagem Coletiva - O filme da minha vida...
Diário de uma paixão
.
Sou apaixonada por esse filme, comprei o dvd há anos, e ele já rodou na casa de todos meus amigos, familiares, conhecidos e até desconhecidos.rs...Mas ele sempre volta, por incrível que pareça, e acaba fazendo parte da lista dos preferidos de quem assistiu.
Sinopse resumida:
O filme começa em um asilo, onde um bondoso senhor se propõe a ajudar uma paciente com problemas na memória, contando a ela uma bela história de amor sobre dois jovens de classes sociais diferentes separados pela guerra, se reencontrando anos depois para firmar este amor impossível.
Por que preferido ?
.
Na minha opinião nao é um romance qualquer, primeiro por se tratar de um romance da década de 40, que sempre tem um mistério a mais, uma cereja em cima do bolo... É uma história que foge de um casal que possa dar certo, pelo histórico de vida dos dois, famílias com classes sociais diferentes, onde havia um peso muito maior nessa diferença na hora de se escolher alguém para se casar... E mesmo cada um ter seguido lados distintos, encontrado outras pessoas, até se apaixonado por outras pessoas, o reencontro faz toda chama acender, e isso pra mim caracteriza uma paixão de verdade, aquela que o tempo não esquece e ninguém substitui o lugar.
O fato de retratar com tanta sutileza e força o problema de mal de parkinson da atriz, conforme a idade passa, e a lealdade dele em acompanhá-la todos os momentos que sua memória falha, e o diário lhe traz á tona as lembranças, é além de amor e romance, é uma história de cumplicidade de duas almas que se tem por destino.
.
Amo ! Amo ! Amo ! Esse é o filme da minha vida, e essa blogagem foi promovida pela Vanessa, gostei muito !





Comentários

Isa disse…
Também gostei muito desse filme.
Parabéns.
Beijo.
isa.
Deu até vontade de ver esse filme!!
Vou procurar!!

Prazer estar aqui!

Beijos=*
Vanessa disse…
Oi, os últimos serão os primeiros. Coloquei seu blog na lista e vim comentar aqui antes dos outros :-). Numca vi este filme. Tomarei nota.

Muito obrigada por sua participação na coletiva.

Abraço
Nanda Botelho disse…
Eu também amei esse filme e também tenho o DVD.

O que mais gosto da estória é que é um amor que não diminui por causa dos acontecimentos contrários. Às vezes desistimos tão fácil, né? Na primeira dificuldade.

Abraço! Também estou participando!
Mari Amorim disse…
Olá
Adorei,achei brilhante tua participação nessa blogagem.
beijos
Mari
http://felinodamadrugada1.blogspot.com/
Olavo disse…
Legal..esse não vi..mais vou procurar ver com a namorada que é melhor para filme assim rs
Beijos
ellen disse…
Também vi este filme...que lindo!!!
Parabéns pela escolha.
Beijinho para si
Sandra disse…
Maravilhoso o filme.
Acho até que vou assisti-lo novamente.
Tudo o que bom, vale a pena rever.
Esse momento foi bpom por isso. Fez cada um de nós lembrar,muitas coisas.
Venha me visitar.
Sandra
Ester disse…
Oi Christi,

Esse filme eu não vi, lembrou-me os Lendas da Paixão, maravilhoso também,

Este também vai para minha listinha dos que quero assistir,

òtima dica e participação!!


bjs!
por incrivel que pareça, não o assisti!! mas fiquei curiosa, e vou ter que assistir...rsrsrsrs.
parabéns pela participação!!

bjocas

PS: tbm estou participando, dá uma olhadinha lá.
Mateus Araujo disse…
aAA jáá viii esse! Muito bom!
recomento também
:D

BJULL♥
Mírian Mondon disse…
Ai está outro filme lindo, lindo que esqueci de incluir na minha lista!
Muito bem escolhido, muito sensivel, tocante!

Parabens pela bela escolha, e deliciosa participaçao!

Abraços
Gabriela disse…
Vi o filme, li o livro, chorei com ambos...
Muito boa a sua escolha!
Parabéns!
Também participei, se tiver tempo e paciência passe no meu canto. Há lá um café e um sorriso para trazer.
Bjssssss.
Helô Müller disse…
Puxa amiga !! Fiquei até comovida com o que assisti agora ... Ainda não tinha visto o filme, e vou querer vê-lo, é claro !! Mas a atitude dele com ela, na premiação, chegou a me tirar o fôlego ... Só em constatar que ainda existem cavalheiros assim, nos reconforta a alma !
Beijos e amei !!
Daiane disse…
tb estou participando da blogagem, é vim conferir o filme e conhecer seu cantinho!
Esse filme que você escolheu
me parece ser muito bom,estou até com vontade de assistir, srsrs!um grande abraço! aguardarei sua visita, fica com Deus!!
Susana disse…
Olá! Vim através da blogagem conhecer o teu post. Por acaso não conheço ainda este filme, mas adoro filmes românticos...conseguem tocar o meu coração...e este, parece ser um deles! Vou anotar, para ver um dias desses.

Como cheguei um pouco atrasada a esta blogagem, ainda não tenho o link do meu blog...espero que a Vanessa não tenha esquecido de mim. Por isso que queiseres saber qual é o meu filme preferido o meu blogue é:

www.clubedasmulheresbeiras.blogspot.com
Beijinhos
Susana
Christi... disse…
Gente, já estou indo visitar os espaços, e as postagens da blogagem, estava com a pressão ocular um pouco alterada, meu médico só me liberou agora a tarde.

To indo ta

Beijos em todos
Tatiana disse…
Vim apreciar e aproveito parta te contar que esse filme é também um dos que mais me marcaram... a história é linda!

Aproveito para lhe desejar um belo feriado e um fim de semana maravilhoso!

Beijos com meu carinho
Keka disse…
Oi menina!
vim agradecer sua visita!
a propósito, ainda não vi este filme...
vou ver já!
beijocas
Também já assistir ao filme, isso é que é filme.
Pena que amores como este não existem mais.

Beijosssss
Me permita disse…
Oi, minha querida! Desejo melhoras! Volte logo! Tbm adorei esse filme! É um dos melhores romances que já assisti, e o final é perfeito! O verdadeiro amor supera o tempo! Tenha um ótimo fds!!!! Ah, vc tá linda na foto! Olha, o layout com a foto dos olhos não é foto minha, mas a achei que se parecia comigo...rs Valeu! Bjim!

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…