Pular para o conteúdo principal

Cabelo amigo..


Meu cabeleleiro André, se tornou meu amigo, não consigo cortar e fazer nada no meu cabelo que não seja com ele. Quando não consigo fazer, e o desespero de mudar algo bate, eu mesma pego a tesoura e corto, o que penso ser um novo dom em mim e depois ligo contando a proeza, que ouço uns bons: _ Maluca ! Eu vou te matar ! rs
Então, essa semana que passou, fui parar de ser rebelde e lá fui eu , fazer o bendito cabelo, que não tenho paciência...
Faço Recondicionamento Térmico, e sempre teria, digo teria, que refazer raiz e tudo mais sempre de três em três meses no máximo, só que eu fujo, desapareço e só vou quando nem eu to aguentando mais a diferença de uma textura pra outra....
E dessa vez, minha rebeldia durou cinco meses..
Se eu avisar ou disser que eu vou, eu nunca vou
Então tomei coragem, me arrumei e fui pro meu momento temido, que é ficar quase cinco horas numa cadeira, isso pra mim no mínimo fica perto do castigo da cadeira eléctrica, mas...
.
Chegando lá...ele nem acreditou, nem eu. rs.
Quis fugir de todas as forças possíveis, dizendo que seria melhor pra mim e pra ele, que eu começasse e fizesse em partes num dia, depois no outro, no outro e no outro..
Como ele me conhece e "de olhar", que é assim que meus amigos me conhecem..
Foi me arrastando pelo salão adentro, pegando monte de produto pra dar jeito na minha rebeldia de cinco meses..
No momento de sentar na cadeira eléctrica..
Ele vem cheio de conversinha, de ideias..
.
Aí começou o diálogo:
_ Chris, sabe que meu sonho pessoal com o seu cabelo é deixar ele curto
_ Curto, tipo como ? Meu cabelo nunca sai do ombro. rs
_ Digo Curto, tipo no queixo..
_ Aqueles cortes com diagonais que parecem algo tipo uma moldura ? (cara de espanto)
_ Nem tanto, eu sei que não gosta de mudar demais assim..
_ Mas, durante dois anos, fazendo o mesmo corte, as mesmas luzes, o mesmo tom..
_ Hoje, quem vai mandar no seu cabelo sou eu..(Cara de atrevido)
_ ? E agora eu te pago pra realizar seus sonhos e ainda mandar em mim ? rs
_ Deixa ?
_ É seu sonho?
_ Pelo menos por hoje sim..
_ Então corta, mas não me deixa olhar nem uma vez no espelho, porque senão te mato..
_ Pronto acabei .. (Quase cinco horas depois )Socorro !!!
.
Conclusão..
Gostei..mas que é tão diferente mudar tanto, cores, tons, tamanho, que toda hora eu vou no espelho verificar se sou eu mesma...
To me acostumando, nossa, é algo que cresce, que vou ver mudar, mas o costume das coisas nos deixam ás vezes tão longes de experimentarmos algo que nos vire do avesso, que avaliar até que ponto estamos fazendo as mesmas coisas, do mesmo jeito, sem nem mesmo nós percebermos..
Ás vezes é necessário ouvir o ponto de vista do outro que anda conosco..
Foi meio diferente, pra algumas coisas gosto de eternas mudanças, sou inquieta
Mas pra outras, sou extremamente conservadora no que não quero mudar..
Hoje estava ouvindo novamente num episódio de um seriado, e não acho que deva ter ouvido em duas situações diferentes, a mesma coisa, sem que isso tenha sido pra mim, nem que seja pra pensar..
"Se você não está preparado pra ouvir a resposta, não faça a pergunta.."
Sinceramente..
Eu ainda prefiro fazer todas as perguntas, mesmo que eu não tenha as respostas..
Fugir do que me interroga, seria no mínimo não ser eu mesma..
Se eu estou até agora pensando porque deixei meu amigo fazer o que quisesse no meu cabelo, sem ao menos eu pegar no espelho, ou saber o que ele tinha de idéia..talvez seja confiança nele e um pouco de "descansar" nas perguntas e indagações que tanto faço
E como muito penso, penso, penso e ás vezes não faço nada..
Somente me permiti ser levada por quem confio..
Beijinhos...
Boa noite a todos..

Comentários

Isa disse…
A pessoa q.cuida do meu cabelo é o Tiago,jovem brasileiro q.adoro.
Quem penteia é a Paula.
Mas todo trabalho técnico...entrego-o
nas mãos dele.
Que graça.
Beijo.
isa.
Tata disse…
Christ.......

Deixa eu falar que essa foto da menininha com as sandálias uma de cada cor, sou eu em miniatura!!!KKKKKKKK
Por causa da vida corrida, calço o sapato sem nem olhar para baixo, e várias vezes tive q voltar para casa pq estava com 1 sapato preto e outro azul marinho....enfim...vc sabe...

Quanto ao cabelo....
Mudar é bom.....é sempre estranho no começo, como vc disse, a gente não se reconhece direito no espelho, mas o tempo faz acostumar.
E outra, cabelo cresce!!!
Digo isso pq como toda mulher morena, já quiz ficar loira, e fiquei. Fiz reflexo no cabelo, e no dia seguinte não aguentava me olhar no espelho. Aquela do espelho era uma desconhecida.
Mas no fim das contas, fiquei quase um ano loira, e quando resolvi voltar as origens......
assustei novamente....não me reconhecia de novo!!! KKKK

bjinhos
Luciana disse…
Quero fotinhaaaaaaaaa rs
Gosto de gente assim,sem medo!!!

Bjos
A Lobba! disse…
Curiosidade é fogo...A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR...COMO FICOU????TIRA UMA FOTO VAI????RSRSRS
Lambidas da Lobba

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)
Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…