Pular para o conteúdo principal

Não mais cordas..


Está sendo segurada por cordas invisíveis a olhos nús
Será ? Não vejo mais assim..vejo diante dos meus olhos
Tem rondado os ciclos intermináveis, seguidos e traiçoeiros
Do vale da sombra da morte..mas...
Tem sido segurado pelas cordas de um impossível que te tocou..
Até quando recusarás socorro humano ?
Até quando receberá facadas imortais ?
Até quando eu não sei.. Mas sei que há porta do sim..
Essas cordas estão com dobras firmadas numa promessa
Tem a hora do puir..o material é corrosível..tem limites findos..
Você é morada adornada..sua música ta dentro, mesmo quando não tocas..
Ela desperta quando dedilha .. renasce o som desse adorno..
Está sendo segurada por cordas invisíveis ..
Preciso e sinto que vou te puxar com mais força ta..
Eu tenho permissão para ouvir, sentir e até tocar..mesmo longe..e tão perto também..
E eu vou puxar com mais força ta..só preciso da sua permissão
Estou ouvindo novas ondas de instruções..estou decodificando..estou recebendo manuais..
As cordas vão mudar de etapas..
E os pés vão pisar o chão..talvez descalça sim..talvez sinta o solo arenoso..
Talvez pense que o chorar de ontem foi inacreditável..
Nem sabes como amanheceu..
Mas amanheceu..Tem algo novo no ar..Vem..
.

Comentários

Mari Amorim disse…
Olá querida,
vim visitar seu blog,e adorei o que encontrei,
Boas energias,ótima semana
bjs
Mari
HSLO disse…
Profundas palavras...seu blog é alimento para minha alma.

Abraços

Hugo
http://caiovmartins.blogspot.com disse…
É sinfonia vibrando em cordas. Para que no final, no milésimo de segundo antes dos aplausos, o silêncio permita o chamado, esse "Vem..." implosivo, no qual a essência mágica de uma simples mulher transmuda a música em poesia. Grande Chris...

Forte abraço.
Uerlle Costa disse…
Essas cordas para mim são um convite...

uerllecosta.blogspot.com
Alvaro Oliveira disse…
Olá Christi

Antes de mais querida amiga, teb felicito peli magnifico visual
de seu blog. É um deslumbramento
para o olhar.

quanto ao post, excelente. Na
verdade mesmo nós andamos suspensos
por cordas invisiveis, que são
corrosivas e a qualquer momento
rebentam. Temos de as dedilhar suavemente ao longo dos nossos dias

Amiga querida, estou publicando
também meus poemas no blog de uma amiga e ficaria imensamente feliz e grato pela sua visita ao blog

http://es-adrianalo.blogspot.com

Um beijinho

Alvaro
Mahria disse…
As vezes nos vemos em cordas tão bambas, q não sabemos como amanhecemos, mais o amanhecer sempre VEM!

Bjinhos Querida!
Déia Arakaki disse…
Bom dia lindaaaaaaaaaaa....
Passando para te deixar um grande beijao e o desejo de um dia maravilhosoooo

:D Beijokas
Paulo Tamburro disse…
Então Cristi, quando acordei já estava mergulhando na poça, pois a ponte estava entupida, para variar com milhões de carros, ônibus, charretes, cavalos, manadas de elefante, enfim...o que já conhece.

Mas este teu "VEM", foi uma ordem tão imperiosa e eu tinha que chegar aí.

A água da Baia da Guanabra e muito mais oleosa e tem muito mais sujeira que eu pensava.

Mas nada me detia!

Só ouvia aquela sua voz Christi, ordenando: VEM!

Nadando e desviando dos sacos plásticos, pneus ao milhares com suas carcaças imprestáveis, carrocerias velhas de caminhões jogados na "poça", aqueles barcos superlotados passando pra lá e pra cá e o pessoal gritanto pra mim:

-Vai zé mané, vai maluco ...e outros "incentivos" implublicáveis.

Mas eu tinha certeza que eu ia conseguir, meu corpo tinha mais óleo que o poço do pré-sal , e eu firme, ouvindo você chamar:VEM!

Cheguei aí na estação das barcas, peguei um taxi e mandei ir para a casa da Christi, imediatamente.

Ele parou em frente a sua porta e eu parecia aquelas aves vitimas de derramamento de óleo,dos grandes petroleiros, nstes mares do mundo.

Uma lástima!

Toquei a campanhinha, ninguém atendeu.

A segunda,ninguém atendeu.

Uma vizinha, ao ver minha situação perguntou o que eu queria, e após ouvir disse:

-Lamento, mas ela acabou de se mudar para o município do Rio de janeiro, para procurar o seu grande amor...

Então perguntei:

-Mas ela também foi a nado? e a sua vizinha respondeu:

-Não, absolutamente, ela não é tão imbecil como você!

Cai o pano!
Mirza disse…
Viver preso, sustentado, guiado, amarrado ou livre, vai do ponto de vista de cada um.
Temos o livre arbitrio.
Grandes bjus.
A PAZ.
Christi... disse…
Paulo eu te amo. rs
(tive crise de riso aqui)
Tata disse…
Seus posts são sempre LINDOS!!!

bjinhos
EDUARDO POISL disse…
De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar...
Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda, um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro!

Fernando Sabino

Hoje passei pra deixar um poema para refletir e desejar uma semana linda com muito amor e carinho.
Abraços.
*** Cris *** disse…
Olá,td bem?
Obrigada pelo carinho no meu blog, adorei sua visita.
Quanto ao post, que venham as boas coisas, sempre!
Bjs!

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)
Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…