Pular para o conteúdo principal

Sol vivo..

Intensidade de vida
pegar um tempo pra ler amigos..
pegar um tempo pra dizer que os ama..
Intensidade de sol no rosto
Sentindo o calor infiltrando na pele, dando cor nova
mudando a melanina.. curtindo o ofuscar da visão..
pegar um tempo pra ler um livro..conhecer novos autores..
Intensidade de novo..
Intensidade de vida..
pegar uma estrada sem saber o que vai esperar
desvendar o aroma do café novo
desvendar o sabor que vem dele..
Intensidade de estar consigo mesmo..
ler suas próprias entrelinhas
conhecer suas dobraduras, suas esquinas..
sentir emoções exacerbadas..choro..riso..gargalhadas..prazer..
O sol que toca é tão brilho que traduz em transparências..
Usar os cinco sentidos com vontade de ser última vez..
Com sentimentos de urgência..
O dia é hoje..eu tenho o hoje..o hoje me foi dado..é meu presente..
Vou abrir com gosto de presente de natal, com laços imensos
E curiosa de sapequices e abusar das expressões..
Quero tirar foto de mim na memória que eu puder lhe dar..
Nem Deus gosta de mornidão ? Por que motivo eu iria gostar ?
.
.

Comentários

Déia Arakaki disse…
Boa Tarde linda!!

Ufa ate que enfim consegui deixar um comentario aqui..
Não estava conseguindo!!

Linda um beijao e o desejo de um dia abençoado viu!!
Olavo disse…
Neste mês de agosto o blog esta em comemoração
E te convido a partipar durante todo o mês com a gente..
E para começar tem selo comemorativo lá no blog..
Abraço.
Paulo Tamburro disse…
Coisa linda, extremamente bem escrita, e desenhada por estas mãos adestradas que já conhecem o ritimo alucinante de improvisações, competencia e criatividade que pululam no seu privilegiado cérebro.

E isto tudo tão perto de mim, somente separado por esta indesejável poça, que depois fizeram imensa ponte por cima.

"Quero tirar foto de mim na memória que eu puder lhe dar..", precisa ter muito atrevimento literário para escrever uma pérola destas.

E eu aqui, leio e releio para entender isto, que muito escritor de carterinha assinada ficaria - como diriam os antigos - embasbacados com a virulência da forma e do conteúdo, que você vem escrevendo.

Qualquer dia destes, boto meu carro na ponte e chego aí com uma mala de dinheiro(rsrs) para editar logo este seu livro cujo título eu já tenho:

Pode vir quente que eu estou escrevendo.

Um beijo, dois se couberem!
Alvaro Oliveira disse…
Olá querida Christi

A beleza deste sol vivo, na escrita por mão de uma verdadeira artista da improvisação. É lindo
demais amiga.Adorei.

Permita beijar seu coração e sentir
o seu pulsar, para assim conhecer melhor a razão sentimento que
imprime nos seus escritos.

Beijinhos

Alvaro
Minha doce irmazinha de alma adoro tuas visitas e tuas palavras calorosas.

Estou numa fase que o coração ta um pouco dodói, esses eternos desencontros se é que me entende.

Beijos flor!
Talita Prates disse…
Também não gosto de mornidão!

Muito bonito ***

paz. :)
Passando para deixar-te um beijo carinhoso e também para desejar-te um excelente fim de semana.
Patty
gabyzinhastar disse…
Adorei.
Como sempre passando todo os seus sentimentos pro papel, que se transformam em textos maravilhosos.

BeijOs
A.S. disse…
Christi...

Sim! Viver intensamente cada momento!
Sentir intensamente cada emoção, cada palavra, cada caricia!

Sim! Sentir intensamente a beleza do sol, da noite, do universo...

Sim... sentir intensamente cada batida de nosso próprio coração!


Meus beijos...
olá.... tem selinho p vc, passa lá p pegá-lo.

bjocas mil

ps: desculpe a demora p passar por aqui...adoro seu blog, mas estava viajando e não tinha como acessar a net.
A amizade é assim:
É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!

¨Olavio Roberto¨
Desejo um lindo final de semana
Abraços
Christi... disse…
Obrigada gente..
Paulo, vc quase me mata de rir, amo vc..
Meu tempo hoje, aqui e agora é para dizer o quanto fico feliz em ter o seu carinho e a sua amizade!

Agradecer é pouco... por isso peço a Deus que ilumine a cada dia o seu caminhar.

Concordo plenamente com o seu Amigo... um livro seu será um SUCESSO!!!

Beijos com meu carinho e amizade

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…