Pular para o conteúdo principal

Liberdade - Tertúlia Virtual

Tertúlia me deu Liberdade
Condicional em temas
Livre em criatividade e imaginação
Me fez iniciar hábitos novos
Visitar blogues e fazer amigos..
Tertúlia Virtual fechando um ciclo
Um vôo pra ver do alto
A Liberdade de podermos comemorar
01 ano de aniversário
E nos despedirmos com saudades
De tudo que compartilhamos...
.
Última participação no Tertúlia Virtual
.
Bjs em todos..

Comentários

Christi, escolhemos o mesmo tema, também falei sobre liberdade... A tertúlia fará falta... mas a liberdade de nos expressarmos fica! =) beijos!
Nanda Botelho disse…
Tivemos o mesmo sentimento!!!

Postamos coisas parecidas!

Não consegui me inscrever, mas estou participando!

http://multiplasrealidades.blogspot.com

Bjs!
FaBiaNa GuaRaNHo disse…
"Libertas quae sera tambem"
Liberdade ainda que tardia.
Pena que chegou no fim.
Bjs
Eduardo P.L disse…
Christi,

realmente como disse a Ana Paula, o tema LIBERDADE foi escolhido por vocês duas, e demonstra uma das coisas que o Castelo Branco, ao sugerir tema: LIVRE, gostaria de saber! Qual seriam os temas mais abordados! E por ora LIBERDADE é que esta ganhando. E com ela, LIBERDADE, todos ganhamos sempre! Muito obrigado por estar participando desta derradeira Tertúlia!

Bjs
Regina d'Ávila disse…
Liberdade..
Assim poderemos sempre participar, escrever, desistir.
Livre..podemos tudo!
Bjssss
Rê.
Poxa ... pena que cheguei no final da festa!
ellen disse…
Christi,
boa postagem acompanhado por um belo poema como você já nos habituou :) Parabéns.

Beijinho para si
sonia a. mascaro disse…
Uma linda homenagem à Tertúlia!

Obrigada por sua visita ao meu blog.
Bjs.
Belle disse…
Nossa, mto sentimento hein!
Bjoo
fergaona disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
disse…
Christi, obrigada pela visita... seu blog tbm é incrível... volte sempre, tá... Beijos
Lengo D'Noronha disse…
Muito legal, Christi.
Leves e soltas ao vento.

Beijo
Mari Amorim disse…
Olá Christi!
Vim através da Tertulia Virtual e adorei o que encontrei aqui.Parabéns!
gosto de participar dessas iniciativas,pela oportunidade de compartilharmos de novas ideias e amizade,
Boas energias
Mari
expressodalinha disse…
Continue conectada. A brincadeira vai continuar...
Ruvasa disse…
Viva, Christi!

Mas que foi um prazer, lá isso foi!

Abraço

Ruben
Maria Augusta disse…
Pois é, a Tertúlia foi mais uma oportunidade para nos fazer exercitar nossa liberdade de expressão...para fazer novos amigos e descortinar outros horizontes. Ela acabou, mas sua energia continua na blogosfera.
Parabéns pelo post e um grande beijo.
Marisete Zanon disse…
Legal o post.
esmaques
Marisete
lindo... adorei sua participação!!! pena que esta seja a última tertulia, mas com ela fica a amizade e o carinho que ela nos proporcionou a todos nós!!! aguardamos novos projetos destes amigos incriveis...

bjocas

ps: tbm participo.
Eduardo Santos disse…
Olá Christi. Afinal a liberdade é comum a tanta gente, mas também é algo que desejamos usufruir não apenas pessoalmente, mas também em sociedade. É uma despedida com sentido, mas também um até breve. Tudo de bom para si.

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…