Pular para o conteúdo principal

Fé de criança..

_ Mãe ! eu trouxe um gafanhoto que a Lara me deu.. Olha aqui na minha mão..
_ Ele ta vivo filho ?
_ Não, ele foi morrer um pouco, mas eu vou cuidar disso..
_Mãe... eu peguei esse seu potinho de vidro pra colocar ele, já arrumei um cantinho pra ele poder ver desenho, e peguei outros brinquedos pequenos pra ele poder usar quando acordar...
_ Filho...Ele morreu meu querido, é a natureza, depois você terá outros gafanhotos..
_ Não mãe... Eu orei pra Deus ressuscitar ele... Agora estou dando um tempinho pra Deus agir..


Comentários

Alvaro Oliveira disse…
Olá Christi

Linda demonstração da fé de uma ctiança. Gostei.

Um beijo

Alvaro
Ana disse…
Noooooooossa, fofo demais. Amei!!
A inocência infantil é boa demais, dos dá brilho nos olhos.

Adorei seu blog, vou te linkar no meu.

Beijo cheio de carinho!
Katy disse…
Sim, é linda a forma que as crianças vivem, acreditam em Deus, em milagres e em mágicas....
Mundo perfeito.
Ótimo final de semana!
Beijinhos.
Cátia disse…
Que cois amais fofa,lindo demais!!!!

beijos
O Profeta disse…
Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo
Francis Lummertz disse…
teus textos são sempre d eum vocabulário refinado e muito bem empregado, mas a simplicidade deste último post, carcterizada pela pureza do garotinho, é que conquista de verdade, pelo menos a este leitor aqui. Parabéns!!
Belle disse…
Me emocionei demais com seu texto!!!
Nossa, como seria maravilhoso se os adultos tb tivessem essa fé..
O mundo seria tão mais puro e melhor!
Parabéns mesmo!
bjos
Anjo vermelho disse…
que fé.!
a inocencia de uma criança.. e uma lição pra nos mais vividos!

beijos enormes.!!
bom fds!
Renata Nogueira disse…
Ai que lindo!!!!!
Bjão
Tata disse…
A fé de uma criança é inabalável!!!

A mais potente e pura de todas!!!

bjinhos
R.Vinicius disse…
Oi.

Que história bonita. Profunda também. E a fé da criança que desconhece tanto, e sabe tanto.

Abraço,
R.Vinicius
Christi... disse…
Essa é uma conversa que tive com meu filho. Linda né..
Alvaro Oliveira disse…
Olá Christi

Passe em meu blog, tem selinho para si. é o selo de 2000 visitas de meu blog. recolha-o para seus
2 blogs.

Um beijo

Alvaro
HSLO disse…
Bravo!Lindo!

Post perfeito...

abraços

Hugo de Oliveira
Sonia Schmorantz disse…
A fé da criança é maravilhosa, tomara pudesse mesmo acontecer a ressurreição do gafanhoto, para ele não ver tão cedo como certos "morreres" são definitivos. Amei ler este texto, santa inocência.
beijos e ótimo final de semana
Fran.ciellen :) disse…
Deus, que liiiiiiiiiiiiiiindo *-*

Quem dera as pessoas ainda tivessem fé assim...
Vou de coletivo! disse…
Olá!
Aqui quem fala é o Murilo, dos blogs Palavras de Osho e Os nascimentos das palavras.
Assim como você e dezenas e dezenas de outros amigos blogueiros, eu participava das blogagens coletivas do Tertúlia Virtual, belíssimo projeto de promoção de blogagens coletivas que infelizmente chegou ao fim em julho de 2009.
Para mim, a inicitativa do Tertúlia foi responsável pela realização de muitas das melhores blogagens coletivas da blogosfera em língua portuguesa.
A idéia de a cada mês reunir blogueiros em torno de um tema foi tão bem-sucedida que não podemos deixá-la morrer.
Para colaborar, lancei o Vou de coletivo!
Todo dia primeiro do mês será proposto um tema para ser abordado por blogueiros por meio de textos, imagens, vídeos e o que mais a criatividade permitir.
Assim que o tema do mês é apresentado, é aberta uma lista de inscrições. Basta você inscrever sua postagem que automaticamente será inserido um link para ela na relação de participantes. As inscrições ficam abertas o mês todo.
E você, gostou da idéia? Espero que sim!
Então não vamos perder o embalo. Logo sai o primeiro coletivo de 2009! Clique aqui e acesse o Vou de coletivo!
Abração!
Helô Müller disse…
Ah meu Deus !! Que coisa mais linda de se ler e sentir ... Felizes dos que conseguem manter essa fé juvenil até o final de seus dias !
Parabéns poeta !!
vc é demais!
Helô

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)
Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…