Pular para o conteúdo principal

Lembranças..


O vento no litoral bate no vidro
O sinto como força invisível
Insistindo na saudade que bate
No semblante que desce o olhar
O pranto guardado do que não virá mais...
.
O toque da campainha que congelou
A história que deixou em vida...
Sua força era seu sorriso e alegria
Andava pra frente e arrastava multidões
Me olhou chegar naquele lugar e disse...
_ Hei ! Não te vi aqui antes...
_ Eu sempre te vi rodeado de pessoas, prazer...
_ Bacana então, estranho...pareço te conhecer...
...
Se voltou para o que estava maculado no vidro de proteção
Olhou pra trás, desejou um passado enterrado
Uma fissura meramente esquecida, o poder adormecido no peito
Suas noites não eram mais dormidas como antes
Sua companhia se chamava insônia, pó, choro e dor...
_ Hei ! Fica comigo...Não ! Não fique perto, faço mal a quem amo...
_ Eu sempre te vi rodeado de pessoas, e agora estás só
_ Ainda há tempo, esquece o passado, vire as páginas erradas
_ Não consigo mais...Hei ! Vou sumir pra não te fazer mal...
_Não ! Sim, vou ....Só pra não te ver chorar...
...
_ Vocês viram fulano de tal ...? Estranho...
_ Sinto vontade de vê-lo, o peito dá um aperto, se ver, me avise ta...
_ Vocês viram fulana de tal ...? Estranho....
_ Sinto vontade de vê-la, o peito dá um aperto, sinto saudades dela...
Uma saudade urgente...
...
Não deu tempo de dizer que ainda havia amor...
Não deu tempo de ouvir que naquele dia, o que mais queria me dizer
Era pra ficar e que o sumir era temido, porque a vontade era eterna...
Não deu tempo de despedidas
Não deu..
Olhou pra trás..
A insônia, O pó, O vício
Virou estátua de sal
Os Ventos no litoral ainda batem no vidro
E quando toca... ainda trago você de volta..
...
....
De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda esta forte
E vai ser bom subir nas pedras
Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...
Agora está tão longever a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...
Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...
Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...
Eieieieiei!Olha só o que eu achei
Humrun
Cavalos-marinhos...
Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

Comentários

Alvaro Oliveira disse…
Oi, amiga Christi

consegues sempre atingir o esplemdor na poesia.
É uma lembrança com saudade,
tem um pequeno toque de tristeza,
mas a poesia minha amiga, como
retalhos da alma, torna-se mais bela com um toque de tristeza.
Só assim, espelha a alma do poeta.
E neste poema consegui ver-te a alma.

Um beijo, querida

Alvaro
Déia Arakaki disse…
Boa Tarde Amada!!
Assim que comecei ler sua postagem de hoje de imediato lembrei da musica interpretada pelo Renato Russo.
O que tú escreveu é exatamente o que ele cantou .. so que em outras palavras.
Lindo texto..
Linda Imagem..

bjs querida
Ernani Netto disse…
Linda estória!

Adoro essa música!

Bjaum

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…