Pular para o conteúdo principal

Auto e Vossa...

O vidro tem algumas camadas de óptica
E o grau corresponde em etapas de visão
A forma com que se olha
Determina o valor que se dá, que se tem, que se é
Porque o que dou, é o que sou, é o que tenho
Com palavras indizíveis me faço ou não me faço ser
Se a estima que tenho comigo... ou é auto ou é vossa
A auto é pessoal e uma vez firmada em rochas
Nem a vossa pode mudar meus conceitos
Mas se a vossa for maior que a auto
Perdida ficaria...Porque sempre serão muitas vossas...
Pra me mensurar em valores
O vidro tem algumas camadas de óptica
Vidros interiores, fortalezas de mente..
A teoria é bonita..
Livros de auto-ajuda em pilhas..
Mantras que fazem com um olho aberto e um fechado
Alguns querem crer que simples mecanismos ajudam
Mas ficam mais no impate de zero á zero
como numa final de jogo..
Auto estima é algo a ser trabalhado
Muitas vezes se parece com uma plantação
Exemplo simplório ? Nem um pouco...
Demora ás vezes, joga-se sementes e nem sempre há sol
Demora ás vezes, joga-se sementes e ás vezes há tanta chuva
Que transborda, sobe a semente e a correnteza leva...
No entanto, volta o sol...E o novo jogar de sementes interno
É um joguinho da vida conosco.
Volta-se ás terras férteis, já sabidas dessa vez
Lança mais fundo a semente...
Para que esteja mais profunda, e segura
Mesmo que desta vez possam vir, chuvas fortes ou fracas
Aprendizado...Sabedoria...Prudência
Bases de construção, da plantação de uma boa colheita...
A alma agradece...
A pele também...
A auto estima nem quer ver a cor da vossa
Está intacta, é mero jogar de adjetivos...
.

Comentários

Déia Arakaki disse…
Bom dia Querida , passando para te deixar um beijos e o desejo de um dia maravilhoso.

Luz
Ernani Netto disse…
Lindo texto!

Bjaum
Isa disse…
Lindo texto minha querida.
Linda a ideia das cores.
Beijo.
isa.
R.Vinicius disse…
Bonito, inteligente, criativo. Gostei! "E tu versas como o verso que és."

Abraço,

R.Vinicius
Fernanda! disse…
Muito criativo!

Gostaria de poder acompanhar os seus post, mais vc é muito rapida ahahaha

Tenho que fazer isso nos finais de semana com mais calma e tempo.

Adoro te ler.

Bjos!

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…