Pular para o conteúdo principal

Será ?

A "libertação da mulher" numa sociedade escravista como a nossa deu nisso: Superobjetos.
Se achando livres, mas aprisionadas numa exterioridade corporal que apenas esconde pobres meninas famintas de amor, carinho e dinheiro.
São escravas aparentemente alforriadas numa grande senzala sem grades.
Mas, diante delas, o homem normal tem medo.
Elas são "areia demais para qualquer caminhãozinho".
Por outro lado, o sistema que as criou enfraquece os homens.
Eles vivem nervosos e fragilizados com seus pintinhos trêmulos, decadentes, a meia-bomba, ejaculando precocemente, puxando sacos, lambendo botas, engolindo sapos,
sem o antigo charme "jamesbondiano" dos anos 60.
Não há mais o grande "conquistador"
.
Arnaldo Jabor

Comentários

Alvaro Oliveira disse…
Olá amiga Christs...

É verdade que a libertação da mulher, acabou por trnsformá-la
talvez ainda mais escrava de
outros interesses, mas que não podia continuar escrava como era.

Querida amiguinha (com letra
bem grande), desejo-lhe um
maravilhoso fim de semana
com tudo de bom.

Um beijo de carinho .

Alvaro
Ernani Netto disse…
É verdade! O homem quer mas se assusta com a mulher muito cheia de atitude!

Bjaum
Isa disse…
Christ,ontem falei deste tema,com
Alunos.
Chamava-lhes a atenção para:
1º- a Liberdade da Mulher,a sua emancipação,"deverá"começar na Cabeça e ñ só no Sexo!Afirmar-se
pelo valor,pela competência.
E o Sexo? Também!Muito importante.
2º- Os Homens(falo dos Portugueses)assustaram-se com a Emancipação da
Mulher.Ñ conseguiram ainda aceitar.
Beijo.
isa.
FRAN "O Samurai" disse…
Oi amiga!

Arnaldo Jabor sempre polêmico em seus comentários... Mas o tema é interessante. Concordo até certo ponto.

Na minha opinião o homem que tem medo dessa "mulher liberta" é na realidade aquele que parou no tempo e não acompanhou essa tal liberdade. São homens que acham que a vida é somente sexo, homens que acham que para serem homens é preciso estar trepando o todo tempo, homens que se escondem atrás de um membro ereto e acham que estão no poder da sociedade, homens que além de tudo isso, não admitem que a mulher mudou, deixou de ser escrava do seu próprio lar, deixou a vida de Amélia e se libertou..

Mas e essa libertade? Que tipo de liberdade? É falsa, assim como a sociedade, é falsa. Achar que usar uma bolsa Louis Vuitton é ter liberdade? Usar Channel, Dulce Gabanna, Christian Dior? Essa é a mulher liberta de hoje?

Ter um emprego e ganhar seu dinheiro, seu próprio sustento, poder sair com as amigas e fazer da vida delas algo de significativo! Essa é a liberdade! Mas no fundo essas mulheres ficaram escravas delas mesmas, escravas da futilidade, escrava do mundo capitalista, escrava do próprio corpo. Será que as mulheres de hoje vivem em prol do corpo? Tenho esse pensamento.

Ter liberdade primeiramente começa quando libertamos das correntes da sociedade, é ter livre-arbítrio, é deixar de ter medo da opinião dos outros, viver a vida com alegria e se amar interiormente primeiramente.

Por trás desses "homens comuns" e dessas "mulheres libertas" há pessoas que vivem a dar risadas de tudo isso, porque liberdade é simplicidade.

Estilo Jamesbondiano é coisa de velho... Que quer ser fodão e traçar as menininhas.

Beijos.
Tata disse…
É verdade, existem mulheres que assustam os homens exatamente pela sua independência. Se assustam com o poder que essas mulheres tem de serem donas de seu destino e vontades.
Mas, acho que ainda existem homens sim, com esse charme Jamesbondiano, que sabe respeitar uma mulher e aceitar o fato de ela também ganhar dinheiro e querer viver sua própria vida.
Tá certo, são como agulhas no palheiro, mas, existem!
bjinhos
Gilbamar disse…
Um texto que nos deixa atônitos e faz refletir com bastante atenção.

Poético abraço.
Fernanda! disse…
Nossa! Que texto forte amada!

Mais é essa a real, tudo aver com o meu texto de hoje.


Bjos de luz!!

Continua linda!!!
Simples e perfeito o texto do Jabor.Aí está a escravidão e a fragilização dos corpos,homens e mulheres,descolados das alamas.

Um monte de beijos pra você,Christi,com o desejo de que a sua noite seja linda,com a cama desarrumada por um sonho vivo de amor.
Saiu uma 'alamas' por aí no lugar de almas.Falha digital.

Mais beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)
Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…