Pular para o conteúdo principal

Obra viva...

A Música e o silêncio do nosso beijo
Nessa noite de frio intenso...
De paixão intensa
Sem vírgulas e sem preocupações com pontos
De momentos que colhemos como flores
Num jardim de enluarados
Nesse cenário que moldura os sentimentos
Que delineia o quadro de nossas sensações
Somos a arte viva dos artistas
Somos o sentimento do poeta
Nossa filosofia é única
É amar, sem ter pressa de que exista início, meio ou fim...
.

Comentários

Chris,

Lindo o seu poema,uma obra de arte plena de amor...

Uma linda semana pra voce.
Beijos.


PS:Deixei um recado para o dia das maes no post do dia 09.
Christi... disse…
Vc é um amor amigo. Ontem fiquei sem net durante o restante do dia, não pude visitar com cuidado aos amigos.
Beijo querido.
Ernani Netto disse…
Que delícia sentir isso sem pressa, sem hora... Beijo sem mais nada que importa!

Bjaum
Isa disse…
Lindo,Chris.
Sensualidade,beleza,encantamento.
Beijo.
isa.
Olavo disse…
Passando para desejar uma otima semana..
Beijos
Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?
(Oswaldo Montenegro)

Desejo uma semana com muito amor, carinho e saúde
Um grande abraço do amigo
Eduardo Poisl
Alvaro Oliveira disse…
Amiga Christi...

É realmente uma viva este poema
com mesmo nome, recheadinha de amor, sentimento,sensualidade...

Um beijo amigo

Alvaro
Alam Oliveira disse…
Poema belo, deu até vontade de beijar rsrsrs

É impressionante a possibilidade que o beijo dá de inspirar escritores.

Bjs e sucesso!

Tenha uma ótima semana!
ellen disse…
Que româtico Christi :) lindo e sensível!
Helô Müller disse…
O amor é atemporal, transcende ... Tempo prá que, né mesmo ?? Nada como deixar o tempo passar num looongo beijo, sem noção exata - até mesmo - de quem somos nós !! hehe
Curto demais suas palavras ...
Beijos sem pressa alguma !! rs
Helô
Você é uma obra viva minha querida, parabéns pelos textos.

Beijosssssss
Claudia disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudia disse…
Boa noite!!!!

É sempre bom vir aqui, mas ando numa correria louca (acho que todos andamos assim, né). Mas hoje eu vim e adorei seu lindo poema.

Um beijo.

Ah! As fotos estão lindas!

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…