Pular para o conteúdo principal

Assim quando chove e marca o rímel...

...e num dia descontinuado como este
em que chove lá fora e faz tempestade
cá dentro, sei que preciso da minha máscara secreta
para poder enfrentar o mundo lá fora...
onde chove e eu não tenho guarda-chuva...
Assim que, num momento descontinuado,
sinto a chuva na minha face, a máscara cai e consigo
o ser simplesmente eu na minha fragilidade.
.
Nesse momento descontinuado recolho-me porque é tempo de me mascarar de novo.
Descontinuadamente não sei quem sou
nem que máscara uso e descubro que a minha fragilidade
se encontra nas minhas máscaras escondida
em tons de maquiagem inexistente.

Comentários

Isa disse…
Deita fora a máscara!A tua Alma é
tão bela!
Beijoo.
isa
Gilbamar disse…
Às vezes as máscaras estão em nossas faces até mesmo num gesto súbito, mas elas caem quando um sentimento maior surge em nossos corações.

Fraterno abraço do amigo Gilbamar
Tata disse…
Amiga....
Máscara só se for de rímel mesmo!!!!
Concordo que, ás vezes, a gente tem que disfarçar alguns sentimentos internos para não comprometer o ambiente mas,sem deixar de ser quem é.
Tem dias que a gente veste uma armadura para enfrentar as dificuldades do mundo lá fora, para enfrentar as batalhas da vida mas, quem veste o traje continua o mesmo, a alma é a mesma, só o que é forte é a armadura!

E concordo com a Isa, tua alma é linda!
bjinhos
Nade disse…
Oi, Christi!
Tem um desafio bem legal no meu blog pra você também responder. Só responde se quiser, é claro. Mas adoraria ler suas respostas. Elas servem para nos conhecermos melhor.
Espero que goste!
Bjs
Olavo disse…
Mascaras..não gosto de mascaras de tipo nenhum..
beijos
Erica Maria disse…
Adoro rímel, mas odeio máscaras!

Bjooooooo linda!
Erica Maria disse…
Adoro rímel, mas odeio máscaras!

Bjooooooo linda!
Ex- Contida disse…
Não é preciso mascarar, mostre su rosto limpo, assim, você é, assim vc sente. Concordem ou não. O máximo que nos devemos permitir é calar, mas não passaria sentir uma coisa sentindo outra, se o mesmo me fosse perguntado

Grande beijo
Tens dois blogs então!
:) e os dois maravilhosamente estruturados e cheios de conteúdo!

Este também estará nos nossos links!

Eita, máscaras! Estas... a gente dispensa... até mesmo aquelas pra rugas... rss

Van e Lipp !
Tainá Facó disse…
Que coisa mais cheia de sentimento e intensidade!!!!


Gostei daqui.
o casalqseama* disse…
máscaras atrapalham a visão de um mundo real...


fiquei encantada com esse teu outro blog! lindo demais. parabéns.


bjão da fê =D
Christi... disse…
Máscaras na minha opinião não devem ser usadas, porque deturpam quem realmente somos, a forma com que sugeri a maquiagem, é exatamente o tom que quiz expôr, porque assim como rímel em chuva, ou choro, ele sai,escorre e fica feio o rosto, mesmo antes ter gasto tanto tempo a usando.

Máscaras não ajudam, nem tornam a dor menor, é apenas uma forma poética talvez de deixar uma expressão do exemplo

Amigos obrigada pela preocupação, mas ás vezes escrevo também o que não vivo e o que não sou, são traços de sensações.

Isa, Gil, Tata obrigada pela atenção e preocupação, é só um texto.

Beijinhos,

Chris
Déia Arakaki disse…
Oi Amadaaaaaaaaaaaaaa puxa so li o texto hoje .. afff.
Adorei seu texto , a figuração nas palavras e para abranjer um tema é magnifico em sua personalidade viu!!
Admiro muito quem tem esse dom .
O dom de brincar com as palavras!!

Eu adoro maquiagem , mais no meu dia a dia por preguiço trabalho com a cara limpa mesmo !!
Assim como gosto de ser!!
Sempre eu mesma , goste quem gostar.
Mesmo porque como sou extremamente chorona e tambem como dou risada a toa se colocasse rimel minha cara ia ficar borrada kkkkkk.
Adorei o Texto!!!
Beijos amada

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)
Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…