E ela caminhou os horizontes..fez brincadeiras com as fontes, mudou e mexeu nos verticais abusos do tempo..As palavras ? lhe alimentam o silêncio e o grito interior..

9 de fevereiro de 2009

Pegadinhas do Amor...

E aconteceu que naquele dia
O seu jeito de tomar café mudou o foco
Não mais havia em meus olhos, uma naturalidade frígida...
Seguraste a xícara e falava com afinidade ás palavras
E te observar, fez toda a diferença
No exato momento em que os céus,
Com astros e acasos se cruzaram
pra formar o ser amado...
.
Anotava em um papelzinho qualquer ...
Algo sem significância alguma
Mas nada mais era como antes...
E pega pelo ato mais estranho do amor
Não via simplicidade e Igualdade
Nos demais homens vigentes
Com lumicolor estava em destaque no meu texto
E não mais conseguia ver a menor sombra de qualquer coisa...
.
Meu olhar brilhou !
E investidas e investidas anteriores tuas a mim
Tinham dado ao fato consumado,
A amizade estabelecida apenas
.
Quando meu poros
Em conjunto com a evidência, transpirou a ti
Seu sorriso foi nascendo como por do sol
E viste que nas pegadinhas do amor
Fui tomada sem aviso
E seu olhar brilhou

4 comentários:

R.Vinicius disse...

Pegadas em versos; poemas dos nobres sentimentos. Não direi muito hoje, pois uma saudade aperta o peito deste seu amigo.

Abraço,

R.Vinicius

Isa disse...

Vou deixar uma "pegadinha"de Amizade,aqui e desejar-lhe uma semana feliz.
Beijoo.
isa.

cáh disse...

lindo post...bj e boa semana ♥

Tatiana disse...

Chris...
Você está em palavras no meu blog.
Obrigada por permitir viu?
Aqui as emoções sempre afloram...
Adorei o que li.
Que essa seja uma semana rica em realizações para o seu belo coração!

Beijos com meu carinho