Pular para o conteúdo principal

Não te desenho qualquer...




Uma Tela...Um pincel e uma pergunta
Não tenho como prever a resposta
Cavalhete, tinta , avental, paleta, óleo de linhaça, tudo preparado...
.
Numa aula de Arte...
todas tem a mesma tela em branco
juntas, o mesmo ofício;
te desenhar...
.
A sala está cheia
Estou dentro dela...
Preciso te pintar !
.
Por que preciso ?
Elas te tomam !
vejo a brancura, virando imagem
quando olho á frente, adiantadas estão
apressam-te a lhe dar forma...
.
umas te esboçam, apagam, esboçam
outras se arriscam a querer te definir...
pincelam a tinta, sem nem sequer
enxergar o que traçam
.
Ainda, minha tela em branco
olho seu desenho por um tempo
fecho os olhos pra na memória guardar
vejo á frente, você
e tento vencer o oculto das entrelinhas
.
Não tenho pressa
já sei te pintar...
as horas passam, todas terminam seu retrato
e eu apenas, a começar.
.
Minha tela, das melhores
agarram a tinta que pincelo-te
e a possui, preenchendo
as lacunas no tecido
.
Sua imagem em minha tela, se desnuda...
te confesso.
Te desnudo e te visto
ao pintar-te
.
Tomo á frente, o teu peito...
sinto o cheiro de ti
nas minhas tintas, que te misturam...
O formato que te deu
Vejo, sinto, deleito-me, ultrapasso
.
O desenho que te traçam
Simplesmente infiltro
Te aprisionam no esboço
Mas te liberto
sinto sua sombra, reflexo e luz
Não te defino amore...
pois não quero te partir em dois
.
O mesclar das tuas cores
me desnorteiam
me amparam
me seduzem
Sinto-me dentro da tela branca
descanso o pincel e vejo
que ainda nesta condição a deixei
em branco seu retrato...
.
Dentro de mim pintado e retratado
já estás.
.
Lanço os pincéis e saio da aula...
.
Chris


Comentários

FRAN "O Samurai" disse…
Oi amiga!

Obrigado pelas palavras de carinho em meu espaço! Agradeço de coração!

E sobre sua postagem. Adoro poemas, adoro palavras que descrevem um sentimento ou momento.

Todos somos pinturas e nosso mundo é uma enorme tela em branco que damos cores a cada dia. Cada dia pintamos momentos, pessoas e amores.

Não tenha medo de pintar! Pinte sua vida com os pincéis do bom senso e da sabedoria pois é disso que todos nós precisamos para finalizar o nossa tela. E quando morrermos, deixaremos uma linda pintura que foi nossa vida! E sempre será apreciada!

Beijos e ótimo começo de semana.
*Silvia Alencar* disse…
Lindo poema...
Passei pra te desejar uma ótima semana...
Fica com Deus...
Carla Sofia disse…
Por vezes é difícil pintar o amor quando estamos dentro da própria tela...
mas as cores são sempre cores de afectos
beijinho
Isa disse…
Só para desejar uma boa semana.
Beijoo.
isa.
Fernanda! disse…
Linda Chris, quanta sensibilidade!

Não tenha medo de pintar! Pinte sua vida com os pincéis do bom senso e da sabedoria pois é disso que todos nós precisamos para finalizar o nossa tela.

P-E-R-F-E-I-T-O!!

Tenha uma semana iluminada!

E continue escrevendo.

Bjos linda!
Vieira Calado disse…
Muito bem pensado e executado, o seu poema!

Quanto ao meu ITINERÁRIO, sei que estará à venda em S. Paulo, mas ainda não me disseram onde.

Depois direi. Obrigado pelo seu interesse.

Beijinhosss
R.Vinicius disse…
O lápis trava seus contornos delineando o desenho das formas; nele está contido o aconchego das palavras silenciosas e os sentimentos não ditos. Poemas são quadros. Teu quadro é um retrato, é um poema, belo poema. Desenha-se no horizonte o dia que se desenrola numa tarde. Cá fico contemplativo a olhar-te, ler-te. Logo há de dobrar-se a tarde e não tarda a noite chegue. Teu retrato-poema há de ser eterno vivendo da beleza que descansa na pintora e nunca no retratado.

Ótima semana. Abraço,

R.Vinicius
Tata disse…
Oi Chris,

o importa é ter as cores de dentro para fora, a pintura da tela em branco é só a exteriorização dos sentimentos internos, das imagem guardadas e da importância delas!

bjus
Aline Lima disse…
Aiiiiii que lindo! vou aparecer sempre por aqui. vou colocar linka na minha casinha de palavras pra essa aqui viu?

agora seremos vizinha! =)
Belo poema.

Vamos fazer de nossa vida um arco-íris.

beijooo.
Belo poema.

Vamos fazer de nossa vida um arco-íris.

beijooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…