Pular para o conteúdo principal

Filminho com livro


Gente, Segunda feira que antecede a semana do Natal, que agitação, tudo passa tão rápido, praticamente acredito que a semana vai ser mini reduzida em nossos relógios internos.
Mudando de assunto um cadinho....
.
Contar um pouco minha agitação pra poder ver o Crepúsculo. Na verdade... tinha marcado com amigos de ver o filme, mas eu queria ler o livro primeiro, mas a semana anterior, com crianças de férias, não é fácil !!!
Tipo se virar em duas, pra poder fazer tantas coisas que acontecem, então, minha missão impossível, era terminar o livro em quatro dias pra poder ver o filme, pq é sempre melhor fazer isso, quando é uma adaptação.
Consigo ler numa boa rápido, mas tem épocas que não dá pra parar tudo e ficar só lendo, então bora correr, ou ler, correr e ler.
.
Então, o livro ia da cama á sala, da rede ao banheiro, do café da manhã ás madrugadas que tive pra poder terminar, e eu quando mergulho na história, aliás, que delícia é poder fazer isso, leio o livro até de cabeça pra baixo, tudo bem que amassei a capa, isso muito me irritou, porque dormi duas noites, com a luz acesa, e o livro embaixo de mim. rs
.
Mas valeu a pena, ter alguém pra poder comentar, meu amigo que estava elétrico, querendo esmiuçar a história comigo, e eu tinha que dar conta do seu frenesi. E isso tudo é gostoso, poder compartilhar opiniões, brincar de críticos metidos. rs...........enfim.
.

Então, no sábado, como havia comentado, fui a fotógrafa da formatura dele, como já postei, que foi super legal, e ontem fomos em comboio pro cinema, mas me faltavam ainda dois últimos capítulos, então o carro cheio, apertei a tecla delete, e avisei, ninguém fale comigo !!! rs
.

E fui devorando, e tive que acionar outro botão, que não gosto muito de fazer, mas foi necessário, o de leitura dinâmica, pelo menos pra poder concluir meus dados, quanto tempo não fazia isso, foi bem adolescente, mas foi legal.
.
Momentos retratados apenas com olhares e passagens rápidas só são melhores compreendidos por quem leu, então é mais interessante ler antes, porque fica mais apurado o filme, no todo gostei, e as salas lotadas pra ver, é sempre muito bom, dois prazeres, que não vivo sem, livro e cinema, normalmente vou sozinha ao cine, mas nesse caso, foi mais interessante ter alguém pra poder comentar comigo, baixinho né, senão a expulsão e o código de defesa dos visionários de cinema sería ultrajado.


.
Vou pegar hoje, a continuação, e já estou me vendo enlouquecida, no bom sentido, preparando coisas de natal, finalizando compras, com o livro Lua Nova, pra poder ler.
Mas amo essa loucura !
.
P.S: E amo vocês !!!

Bjs, monte deles.....

Chris


Comentários

R.Vinicius disse…
O filme é bom, o livro por enquanto eu não li, mas prentendo lê-lo. Cinema e livros uma ótima combinação.

Abraço,

R.Vinicius
Isa disse…
Ainda ñ vi o Filme.
Vou 1º ler o livro,pq.faço como você. Depois das Festas.
Se já estiver nas salas de Cinema,
aqui,em Lisboa,então...leio depois.
Já está nos meus planos.
Feliz Natal.
Beijoo.
isa.
Tatiana disse…
Assim vc me desfaz em lágrimas...receber de você esse selo é um lindo presente!
Obrigada de coração por seu carinho,por suas palavras em relação a mim e por me ajudar a ser quem sou.
Eu nada seria se não tivesse ao meu redor pessoas como você!
Muito obrigada, postarei assim que voltar das festas de final de ano!
Meu eterno carinho e amizade!
*
Quanto ao filme estou indo hoje assistir... depois te conto o que achei!
Tatiana disse…
Todo artista molha seus pinceis
em sua alma e pinta a sua própria natureza!
(Henry Ward Beecher)

Desejo a você, Um Feliz Natal!
Agradeço o carinho e presença em palavras!
Que no próximo ano, novas sementes sejam plantadas e cultivadas em nosso coração.

Um beijo com meu carinho

Postagens mais visitadas deste blog

Borboletas (Mário Quintana)

Borboletas
(Mário Quintana)

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é n…

Há para Todas as coisas, um Tempo determinado por Deus.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: . Há Tempo de nascer, e tempo de morrer; Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou: . Tempo de matar, e tempo de curar: Tempo de derribar, e tempo de edificar: . Tempo de chorar, e tempo de rir: Tempo de prantear, e tempo de saltar: . Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras: Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar: . Tempo de busca, e tempo de perder: Tempo de guardar, e tempo de deitar fora: . Tempo de rasgar, e tempo de coser: Tempo de estar calado, e tempo de falar: . Tempo de amar, e tempo de aborrecer: Tempo de guerra, e tempo de Paz. . Eclesiastes 3:1-8
Fotografia de Carol Silveiro http://www.flickr.com/photos/carolsilvestre/2943859815/

Troca-se pintinho por garrafa...rs

Retrospectivasdeinfância... . Era uma vez... Um carroceiro que passava gritando na rua: _ Trocam-se pintinhos por garrafa !!!! _Panela velha, ferro velho e garrafão. _Um garrafão vale 1 pintinho !!! . Quando ouvíamos isso, saíamos correndo gritando: _Mãe !!!! Me dá uma panela velha, um garrafão pra trocar pelo pintinho !!! Saíam as crianças todas da rua, cheias de panela, garrafas e ferro-velho para trocar pelos lindos pintinhos coloridos, de todas as cores e todos piando ao mesmo tempo, pra felicidade geral da criançada. . Eo carroceiro, muito malandramente, pegava uma quantidade que valeria no mínimo !!! uns 4 pintinhos, e na troca, só nos davam 1 ou no máximo 2 pintinhos. Mas, como éramos crianças, e não entendíamos de economia, um peso e duas medidas ou coisa do gênero.... Saíamos felizes da vida, uns com menos pintinhos, outros com uma caixa de papelão cheias deles, pra enlouquecerem as mamães. rsrs E as mães em pânico !!!! _Onde vamos botar tantos pintos ????? . Arrumávamos uma gaiola de passar…